Artigos, Destaques › 15/01/2018

MINORIAS CRISTÃS E RELIGIOSAS DA ÁSIA

O Papa Francisco pede à Rede Mundial de Oração (Apostolado da Oração e MEJ) e a todos os cristãos e povos de boa vontade que rezem neste mês de janeiro pelas minorias cristãs e religiosas que vivem na Ásia para que sejam valorizadas e respeitadas. No final do ano pssado o Papa esteve em viagem apostólica a Myanmar e a Bangladesh, dois países deste imenso Continente.

Foi a primeira vez que um Papa pisou o solo de Myanmar. Sobre isso o Papa disse: “Quis,  exprimir a proximidade de Cristo e da Igreja a um povo que sofreu por causa de conflitos e repressões, e que agora está lentamente caminhando em direção a uma nova condição de liberdade e de paz. Um povo em que a religião budista está fortemente enraizada, com os seus princípios espirituais e éticos, e onde os cristãos estão presentes como pequeno rebanho e fermento do Reino de Deus.”

Do encontro com os jovens o Papa destacou: “No rosto daqueles jovens , cheios de alegria, vi o futuro da Ásia: um futuro que não será de quem constrói armas, mas de quem semeia fraternidade.”

O Papa encontrou-se com representantes das diversas comunidades religiosas, de modo particular o Conselho Supremo dos Monges Budistas, manifestando apreço pela sua antiga tradição e confiança de que “cristãos e budistas possam ajudar as pessoas a amar a Deus e ao próximo, recusando a violência e opondo-se ao mal com o bem”.

Em Bangladesh, o destaque maior foi o apoio e o encontro do Papa com os refugidados do povo bengalês na sua luta pela independência. “Em particular, quis exprimir  solidariedade ao Bangladesh no seu empenho de socorrer os refugiados Rohingya afluídos em massa para o seu território, onde a densidade da população é já das mais altas do mundo”.

Com o Papa, nós queremos nos preocupar pela situação dos povos da Ásia, sobretudo na dimensão religiosa para que seja respeitada e valorizada. É missão nossa, unirmos nossos corações neste mês e rezar por este desafio que nos pede o Papa.

 

Pe. Eliomar Ribeiro, SJ

Diretor Nacional

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.