Artigos, Destaques, Notícias › 19/10/2017

Concentração Arquidiocesana do Apostolado da Oração 2017 – FLORIANÓPOLIS – SC

Com a bênção de Deus e as graças do Sagrado Coração de Jesus realizou-se, no dia 24 de setembro último, o grande Encontro do Apostolado da Oração da Arquidiocese de Florianópolis, SC, no CEAR, em Governador Celso Ramos.

Contando com as presenças de Pe. Eliomar Ribeiro, SJ, Diretor Nacional do AO, Pe. Joãozinho, SCJ, compositor, cantor e escritor, Pe. Sereno Boesing, SJ, Pe. Otmar, nosso Diretor Espiritual, Pe. Rivelino Seidler e Pe. Márcio A. Vignoli, tivemos um dia de muita reflexão, oração e alegrias.

Pe. Otmar conduziu a oração inicial proclamando a passagem do Evangelho de Mateus 11, 25-30, em que Jesus nos convida a descansar no seu Coração, que é manso e humilde.  Pe. Rivelino, em sua mensagem ao grande grupo, com cerca de 4.500 apóstolos e apóstolas, refletiu sobre a ação do AO: Missão e Comunhão. Missão de levar Jesus em todos os ambientes onde estiver; Comunhão com a Igreja, rezando na grande Rede Mundial de Oração do Papa e pelas suas intenções, a cada mês.

Pe. Eliomar lembrou que neste ano o AO completa 173 anos de fundação, lá na França, dentro de uma casa de formação de seminaristas. Missão é a palavra chave para o AO e esta missão nos propõe 3 atitudes diárias:

1 – Oferecimento Diário – é o nosso oferecimento da vida, das alegrias e dos sofrimentos, das palavras e dos pensamentos, das orações e obras do dia.

2 – A revisão do dia –  Eu vivi hoje o meu dia como Deus queria que eu o vivesse? Isso nos possibilita que vivamos o céu já aqui, à medida que avaliamos diariamente a nossa vida.

3 – A oração é sustento da Igreja, é o apostolado de cada um e nos deve levar a cuidar do irmão, a ser caridoso, fazer a Jesus que está no irmão. Todos os meses, o Papa nos confia uma intenção do seu coração para que rezemos por ela, formando a grande Rede Mundial de Oração do Papa.

Precisamos ainda cultivar com fidelidade e carinho imenso a espiritualidade do Coração de Jesus e refletir sempre as 12 promessas que o Sagrado Coração de Jesus deixou a Santa Margarida Maria Alacoque.

Pe. Joãozinho conduziu a Adoração Eucarística da qual a assembleia reunida participou com fé e muito fervor.

Após o almoço, Pe. Joãozinho rezou o terço acompanhado das coordenadoras das Foranias de nossa Arquidiocese. Logo após, tivemos a palestra em que Pe. Joãozinho refletiu sobre o tema: Mãe de Misericórdia.  Falando sobre Maria, explicou cada termo da oração Salve Rainha. Ela é Mãe da Misericórdia porque ela usou de misericórdia: alimentou Jesus, vestiu, foi peregrina com Ele, viu seu Filho prisioneiro e maltratado. Maria nos olha com providência e nos mostra Jesus. (Livro Misericórdia de Coração a coração – Pe. Eliomar – organizador).

Pe. Eliomar nos falou ainda sobre o Documento I – Recriação do Apostolado da Oração – Um caminho com Jesus em disponibilidade apostólica – este é um material que todos os centros do AO devem ter para ler e refletir em grupo, nas suas reuniões.  Este documento nos apresenta um itinerário como uma escola do Coração.

Com alegria, recebemos D. Wilson, nosso arcebispo para presidir a Celebração Eucarística encerrando nossa Concentração, que contou ainda com a participação de padres e diáconos da região.

A Coordenadora Arquidiocesana Sra. Tânia fez os agradecimentos finais e tivemos a bênção de envio das bandeiras de 136 Centros de Apostolados que se fizeram presentes no CEAR.

A todos os participantes deste encontro, o agradecimento da Coordenação pela motivação e esforço em participar!

Texto:  Ana Maria Dutra – Coordenação Arquidiocesana

Foto: Apostolado da Oração – Arquidiocese de Floriánopolis – SC

AO Florianópolis no Facebook: https://www.facebook.com/aoarquifloripa

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.