Artigos, Destaques, Notícias › 03/12/2018

CELEBRAR E COMPROMETER

Celebramos hoje os 174 anos da fundação do Apostolado da Oração, movimento missionário iniciado em 1844 com jovens numa casa de formação dos jesuítas no interior da França.
Oferecer a vida pela missão da Igreja foi o convite lançado pelo Pe. Francisco Gautrelet àqueles jovens sedentos de ir para a missão. Ser missionário no próprio ambiente é o que está no alicerce do grupo que logo espalhou seus ramos pelo mundo todo. Oferecer e avaliar o coração diariamente para estar disponível à missão que Cristo que nos pede.
A data da fundação é a festa de São Francisco Xavier, um dos maiores missionários que a Igreja teve. Jovem ainda foi enviado para as Índias, Japão e morre às portas da China. Morre de fraqueza, cansado de tanto visitar pessoas, consolar aflitos, cuidar de gente abandonada; cansado de tanto batizar e apresentar Cristo àquele povo sedento de maior sentido para suas vidas.
O Apostolado foi aprovado como uma associação de fiéis leigos, algo parecido com as irmandades da época. O Papa que aprova, propõe outras coisas: rezar a intenção de oração mensal dada pelo mesmo Papa, e isso faz com que já naquela época o AO seja a Rede Mundial de Oração do Papa, e pede

também que o Apostolado da Oração cuide da propagação da devoção ao Sagrado Coração de Jesus que tinha surgido com Santa Margarida Maria mais de 100 anos antes do surgimento do AO.Hoje os grupos do AO estão presentes em 98 países do mundo, contando com mais de 36 milhões de membros. Somente no Brasil temos quase 3 milhões de membros do AO. É uma força orante para ajudar a sustentar a missão da Igreja.
No novo Estatuto que o Papa Francisco nos deu em março de 2018 podemos ler “O Apostolado da Oração, ao transformar-se em rede de oração em todo o mundo, expressa um renovado sentido de comunhão espiritual entre as pessoas e grupos que dão à sua oração um projeção apostólica e missionária, em união com o Sumo Pontífice”.
Iniciamos, portanto, nesta festa de São Francisco Xavier que juntamente com Santa Teresinha do Menino Jesus são os padroeiros do AO e do MEJ, a preparação festiva para celebrar os 175 anos do Apostolado da Oração. Será um ano de muitas atividades nas dioceses, paróquias, comunidades e grupos pelo Brasil afora.
Que o Senhor abençoe a todos e nos faça cada vez mais atentos e disponíveis para celebrar e comprometer nossas vidas a serviço da missão de Cristo na Igreja.

Pe. Eliomar Ribeiro, SJ
Diretor Nacional AO-MEJ

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.